"Vento novo, flores e cores.''
Só.

E eu acendo um cigarro que é pra queimar por dentro todo o estrago.
E eu bebo até o último gole do último copo, pra me privar que a decepção se enrole.
E canto, alto chorando, soluçando pra ver se entendo de uma vez por todas essa mania de amar errado, de ceder errando, de ser errante.
Eu tô cansada.
Essa morfina não anestesia os últimos dias que venho tendo.
Que dias são esses, cinzas e multicoloridos.
Cada dia uma surpresa e uma decepção, tudo junto e misturado.
Pra sofrer calado, sabe? Não!
Quero gritar dentro dessa bolha gigante,
Que sou errante, que o defeito não superar o jeito, mais é esse meu jeito e meu defeito, ser assim, sem era nem beira, sem jeito!
Quero gritar ao mundo que eu sou sozinha, e assim me sinto
Sem colo, mão, ombro e nem dirá manto.
Quero menos dias cinzas, a morena precisa levar a saudade.
Sou pequena, e é tudo que vale a pena.

Amanda.

thabzg:

queria uma casca
grudada nas costas
ou um buraco na terra
pra me esquecer nele
pra que as pessoas me esqueçam
eu to endoidecendo
é muita cobrança
é muito contato visual e vital com outros
eu canso
e recanso várias vezes na vida
tô dando tudo por alguns minutos sozinha
é produto demais
dinheiro…

Liga o rádio,
Deixa a saudade aqui, é tudo que vale a pena.
Los Hermanos na vitrola, um canelone a 2!
Banheira no jeito, pétalas de rosas sobre o vaso,
Uma toalha branca, sais de banho…
E a saudade morena, é tudo que vale a pena!
Acende o cigarro
Se tranquiliza, ouve a batida do coração, levanta, dança no embalo do som.
Me faz sorrir, hoje!
HOJE* é tudo que vale a pena morena.

Amanda.

Como se a alegria recolhesse a mão, pra não me alcançar.
Los!
Sapatos Novos.

Eu só tenho 20 anos.
Tem dias que vivo como se tivesse 90, ou como se precisasse ter.
Porque eu seguro o peso do mundo? Mas o mundo não me segura nem pelas mãos?
Ta doendo, eu tô chorando, mais não sei porque. Ou sei e não assumo!
”Ei como vai você? Levo assim calado!” (faz falta)
Eu não sou melhor, não sou pior, de forma alguma
Mas porque é tão dificil assim sorrir, ser feliz tranquilo, sem ter reclamação, pudor, dor? Cadê o sabor de tudo isso que tem dia que sinto?
Tem dia que acordo e vai tudo bem, zen de viver…
Já dias que nada faz sentido, os ossos doem e a vida bate na porta de bengalas.
Hoje tô assim, com um chá preto, um los hemanos calmante de fundo e uma cartela de dorflex, porque ta doendo porra!
Ta doendo as coisas em casa, a família doente, as notas baixas, os esforços deixados de lado, ”o precisar” de alguém que não se disponibilizou pra cuidar de mim, doí a falta que amizades fazem mas eu não faço sabe? Doi tanto!

Amanda.

A fé que você deposita em você, e só.
O Teatro Mágico
Sem janelas.

É difícil. (e suspira)
Nem todo dia tem sol, nem todo dia o sorriso é eterno, daqueles que começa as 6am e vai até 00h do dia.
Nem todo dia as amizades são verdadeiras, acho que to numa fase ”clichê” da vida, aonde tudo doí e irrita.
Tem dias que ando em círculos, pesquisando aos arredores o que me cerca e acompanhe, é difícil.
Queria esbarrar com alguém que reconhecesse tudo de bom que sou, que fui, que me tornei, daquelas que te agradece por você ser como é. Um misto de carência com gratidão, quero alguém grata por mim, por TUDO.
Tem dia que sinto falta. F-A-L-T-A de tudo que já fui e de tudo que já quis ser, e não fui.
Hoje é um desses dias, que amanheceu sol e o tempo fechou ao entardecer. Porque as pessoas não confiam uma nas outras? Porque é tão dificil assim dizer que você ama alguém e simplesmente a pessoa acreditar? Será que todo mundo tem essa idéia na cabeça de que todas as pessoas são más e traiçoeiras?!
Por um minuto queria paz, fechar as janelas, repousar o corpo, os pés e a mente. Sem falar, ouvir, debater, agredir. Apenas ser, paz interior!

Amanda.

sextatsbud:

Sex, Tats, Bud
lovely-attitude:

I need to follow more blogs! Message me and I’ll check out your blog! (: follow for similar posts!

lovely-attitude:

I need to follow more blogs! Message me and I’ll check out your blog! (: follow for similar posts!